cabedelo
surfsurfespacoondasmares

ptenfrdees
Cultura
Desporto
Natureza
Arte
Natureza
Natureza
Desporto
Internet Marketing Bruidsfotograaf

Sal (a) gosto leva um milhar de visitantes ao Núcleo Museológico do Sal

2018 08 14 produtores

No primeiro de dois fins de semana de comemorações do XI aniversário do Núcleo Museológico dos Sal, passaram pelo espaço museológico e pela Salina Municipal do Corredor da Cobra cerca de mil pessoas que por lá passaram.
A “festa” teve início na noite de sexta-feira, 10 de agosto, com a apresentação, pelo Teatro do Vestido, de “Pontes de Sal ou as Mãos Gretadas”, um trabalho de campo realizado pela companhia de teatro em apenas nove dias, e que servirá de base a uma criação a ser ali apresentada em 2019.

No sábado arrancou a iniciativa «Sal (a)gosto», que se prolongou no domingo e reuniu, no Núcleo do Sal, produtores locais de sal artesanal e de produtos derivados, como cosméticos e produtos alimentares, artesãos ligados ao salgado, técnicos do MAREFOZ - que dinamizaram atividades lúdico científicas, pedagógicas relacionadas com o sal, muito procuradas por miúdos e graúdos - e artistas plásticos associados da Magenta - Artistas pela Arte, que participaram, na "Art Batle", de que saiu vencedora, por escolha do público, Maria Raquel Almeida. O prémio foi entregue pelo Presidente da Câmara Municipal, João Ataíde, que aproveitou o ensejo para agradecer a todas as entidades e associações culturias que colaboram com o Município na promoção de iniciativas como o «Sal (a) gosto», as quais são uma mais valia na promoção do salgado, não só enquanto território mas também enquanto património cultural imaterial que ajuda a construir a identidade de um povo.

A animação do «Sal (a) gosto» foi garantida, no sábado, pelo Grupo de Cantares "Viva Voz”, da Sociedade Filarmónica do Paião, pelo Rancho Folclórico Etnográfico de Lavos e pela Banda Filarmónica Carvalhense. No domingo atuaram os Grupos de Cantares “Cantares do Meu Canto", do Grupo Recreativo Cultural Carvalhense e "Sol e Vento", do Sport Clube de Lavos.

Os amantes dos passeios a pé e da natureza puderam participar nas Caminhadas "Rota do Cristal" e "Rota da Ilha da Morraceira”, dinamizadas por Carlos Santinho, e na Rota das Salinas, dinamizada pelo MAREFOZ.

Ao final da tarde de domingo teve lugar a entrega de prémios do Concurso " SOL a SAL", organizado pelo Laboratório MAREFOZ (MARE- UC), com o apoio do Município da Figueira da Foz, da Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz, da Incubadora de Empresas da Figueira da Foz, da Direção Geral dos Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos e da SATIVA, que se fizeram representar ao mais alto nível. O evento contou ainda com a presença, nos dois dias, da Presidente da Freguesia de Lavos.

O concurso "SOL A SAL" teve como objetivos a valorização do produtor e método de produção de sal marinho, a valorização dos produtos diferenciados do salgado da Figueira da foz e incentivar a inovação no salgado da Figueira da Foz. Os prémios a concurso encontravam-se divididos em três categorias: Produtor, na qual foram premiados em 1º lugar ex-equo José Brito Jacinto, Maria de Lurdes Bertão, Nuno Amaro e Pedro Oliveira; Produto Diferenciado, atribuído pelo público durante os dias do evento e após degustação de todos os produtos a concurso. O vencedor desta categoria foi o “Chocolate com Salicórnia” da Cáritas Diocesana de Coimbra - Centro de Nossa Sra. da Boa Viagem, já o vencedor do prémio Inovação foi a Salgaflor (Pedro Oliveira), com o projeto de promoção Turística “Salt BreaK. O segundo lugar foi atribuído à Casa das Carnes do Ervedal - Cevadas, com o projeto “Uma pitada de oceano no chouriço de Quiaios”, que pretende promover a incorporação de algas marinhas na confeção do chouriço de Quiaios. Em terceiro lugar ficou mais um projeto da Salgaflor (Pedro Oliveira), “Plantas salgadas desidratadas”, um projeto que tem como objetivo a desidratação de plantas halófitas para comercialização. O projeto vencedor na categoria Inovação teve direito a um vale de apoio técnico da Incubadora de Empresas da Figueira da Foz e do Gabinete de Apoio ao Investidor do Município da Figueira a Foz, para implementação do projeto.


Próximas iniciativas
As comemorações do XI aniversário do Núcleo Museológico do Sal prosseguem no próximo fim de semana, com a estreia, dia 17 de agosto, pelas 19h00, no Sport Clube de Lavos, do espetáculo de dança-teatro, da Rede Artéria, "SAAL", da coreógrafa Filipa Francisco, que resulta de um processo de imersão na realidade local, com recolha de testemunhos de quem trabalhou e trabalha o sal e que junta artistas profissionais e amadores.

Dias 18 e 19 "SAAL" volta a palco e na manhã de domingo, dia 19, se as condições climatéricas o permitirem, realiza-se a Safra à Antiga, na qual participam antigas salineiras marnotos e todos quantos queiram vivenciar a experiência do árduo trabalho no salgado da Figueira da Foz.

Copyright © 2014 Município da Figueira da Foz | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn |