cabedelo
surfsurfespacoondasmares

ptenfrdees
Arte
Natureza
Cultura
Desporto
Desporto
Natureza
Natureza
Internet Marketing Bruidsfotograaf

Figueira da Foz anfitriã de Encontro de Boas Práticas para a Igualdade de Género

2017 12 14 igualdade

A Câmara Municipal da Figueira da Foz promoveu esta quinta feira, 14 de dezembro de 2017, na Divisão de Educação e Assuntos Sociais, no Edifício Paço de Tavarede, o I Encontro Distrital de Boas Práticas na Área da Igualdade, Cidadania e Não-Discriminação. Este Encontro, que visou dar a conhecer e partilhar as boas práticas existentes, em termos de igualdade de género, no Distrito de Coimbra, procurando ainda reflectir sobre a legislação, metodologias e instrumentos vigentes, em termos nacionais e internacionais, juntou cerca de 40 técnicos, entre elementos das autarquias e conselheiros locais para a igualdade dos vários municípios do Distrito de Coimbra.

Na sessão de abertura, o Vereador com o pelouro da Ação Social, Nuno Gonçalves, manifestou «a satisfação e o orgulho de receber este primeiro encontro na Figueira da Foz, um município que se tem empenhado fortemente nas questões da Igualdade, com um Plano Municipal para a Igualdade de Género (PMIG) que tem a ambição de ser muito mais do que um plano semântico». O autarca defendeu a Igualdade como um factor essencial para o desenvolvimento integrado de qualquer sociedade. Tendo por base uma rede que integra cerca de 200 entidades parceiras, o PMIG define um conjunto de medidas a implementar até ao final de 2019. «São medidas de promoção da igualdade de género mas também de combate a qualquer forma de discriminação, seja de género, de etnia, de orientação sexual, de religião ou outra», sublinhou ainda. «O PMIG está a avançar a bom ritmo, e acreditamos que será possível concretizá-lo integralmente», informou, à margem do evento, o chefe de Divisão de Educação e Assuntos Sociais, Alexandre Nunes. Também os conselheiros locais para a Igualdade, Maria de Lurdes Palaio e Luís Ferreira, destacaram, nas suas intervenções, a importância de «dar visibilidade e continuar a sensibilizar os cidadãos, de todas as idades, para estas questões».

Ao longo do dia, o Paço de Tavarede foi palco de apresentações de boas práticas por técnicos dos municípios com PMIG em vigor - Lousã, Oliveira do Hospital e Figueira da Foz -, seguindo-se um debates. Os participantes assistiram ainda às intervenções de Margarida Queirós, do Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa; de Alexandra Silva, da Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres e de Rosa Oliveira, da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, instituição que, em 2016, atribuiu ao Município da Figueira da Foz uma Menção Honrosa do Prémio Viver em Igualdade, pelas boas práticas na integração da dimensão da Igualdade de Género, Cidadania e Não Discriminação, quer na sua organização ou funcionamento, quer nas atividades por si desenvolvidas.

 

Copyright © 2014 Município da Figueira da Foz | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn |