cabedelo
surfsurfespacoondasmares

ptenfrdees
Natureza
Cultura
Natureza
Desporto
Natureza
Arte
Desporto
Internet Marketing Bruidsfotograaf

Câmara da Figueira aprova Orçamento de 51M€

2017 12 13 orc

Investimento cresce em 2018 e representa já 40% do Orçamento

A Câmara Municipal da Figueira da Foz aprovou esta segunda feira, dia 11 de dezembro de 2017, em reunião pública o Orçamento Municipal para 2018, no valor de 51M€. Este orçamento, o maior desde 2012, representa um aumento de mais de 10% em relação ao de 2017. Para este resultado contribui, explicou o presidente da Autarquia, João Ataíde, «o acréscimo das receitas fiscais em 2,9M€, em virtude da retoma económica do Concelho». Por outro lado, o Orçamento para 2018 prevê uma diminuição da despesa corrente e «o maior aumento nas despesas de capital, de investimento, de que há memória, a rondar os 20M€, ou seja, mais de 40% do total do Orçamento», sublinhou o edil.

As obras do PEDUS - Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano Sustentável (8M€), a deslocação de serviços municipais dispersos para novas instalações na zona da Várzea (3M€, e a continuação dos trabalhos de pavimentação da rede viária, bem como intervenções que transitam deste ano, como as obras nas escolas de S. Pedro, Bom Sucesso, Cristina Torres e João de Barros, «compõem o leque das parcelas mais significativas», aduziu.

O presidente da Câmara lembrou ainda que, apesar da consolidação financeira, o Orçamento Municipal contempla ainda 5,1M€ em serviço da dívida. «Com as amortizações, queremos chegar ao fim de 2018 com um passivo de médio e longo prazos de 17,8M€, o que não é uma meta despicienda considerando que o ponto de partida foi, em 2011, de 65 M€», frisou.

Como prioridades para 2018, João Ataíde destaca «a consolidação financeira; a regeneração e mobilidade urbana; o reforço de políticas sociais; o combate ao insucesso escolar; o acompanhamento e formação aos jovens; a valorização do património natural e paisagístico, em especial do Cabo Mondego, contemplando o custo da candidatura à UNESCO; a aposta na marca Figueira da Foz e a continuação dos projetos para desmaterialização e consulta direta de procedimentos».
O Orçamento Municipal para 2018, aprovado com três votos contra, da bancada social democrata, será agora levado à Assembleia Municipal.

 

2017/12/13

Copyright © 2014 Município da Figueira da Foz | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn |