cabedelo
surfsurfespacoondasmares

ptenfrdees
Cultura
Arte
Natureza
Natureza
Natureza
Desporto
Desporto
Internet Marketing Bruidsfotograaf

“O Nosso Património: Perspetivas” | Figueira From The Sky

 

Cartaz EXPO MAr

 

OUT´18 a JAN ´19

Hora:Segunda sexta-feira: 09h00-13h00 /14h00-17h00

Local:Núcleo Museológico do Mar  

Entrada: Gratuita

Público-alvo: Público em Geral

 

 

Em Ano Europeu do Património Cultural, o Núcleo Museológico do Mar acolhe a exposição fotográfica «O Nosso Património: Perspetivas», composta por 10 imagens da autoria de Nuno Vicente (Figueira from the sky) e que nos permitirá conhecer o Património Natural e Cultural do Concelho da Figueira da Foz de uma perspetiva diferente da habitual.

Atualizado em 11-10-2018

Visitas: 83

Apresentação do livro "Pó de Arroz"

 

Livro SET2 Bran

 

27 de outubro 

Hora: 16h30

Local:Biblioteca Municipal - Sala de Leitura 

Entrada: Livre

Público-alvo: Público em Geral

 

A Biblioteca Municipal acolhe a  sessão de apresentação do livro «Pó de Arroz»,  de Maria do Carmo Cachulo.

BIO: Maria do Carmo Cachulo nasceu em 1956, na localidade de Abrunheira, Montemor-o-Velho. Licenciou-se em Medicina pela Universidade de Coimbra e abraçou a Cardiologia como especialização, exercendo atualmente funções no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra – Hospital Geral. Durante a sua carreira, dedicou-se também à docência, tanto na Universidade de Coimbra como na Escola Superior de Tecnologia da Saúde da mesma cidade.

 A par desta atividade científica e profissional, mantém vivos outros interesses. Assim, em momentos de solidão consentida e magia inexplicável, permite-se ser pintora realista de um mundo em mutação, pincelando cenários e afeições com laivos da sua poesia.

 Após Brincos de Cereja (2013), Um Sopro no Coração (2015), e duas participações na Antologia de Poesia Contemporânea (2014 e 2015), Maria do Carmo lança Pó de Arroz, numa simbiose de apegos ao passado e à vida, mas ainda assim de aura fresca e atual.

 



Atualizado em 19-10-2018

Visitas: 44

«Aves no Baixo Mondego II/V – SILÊNCIO»

 

 

Cartaz Segunda Parte pedro baptista

 

25 OUT´18 a JAN ´19

Hora: Quarta a domingo: 10h00-12h30 | 14h00-16h00 

Local: Núcleo Museológico do Sal 

Entrada: Gratuita 

Público-alvo: Público em Geral

 

A exposição de fotografia «Aves no Baixo Mondego II/V – SILÊNCIO», de Pedro Baptista é a segunda de quatro que o fotógrafo realiza, até agosto de 2019, no espaço museológico. 

A mostra reúne um conjunto de 13 fotografias de aves que têm como habitat ou local de passagem o Baixo Mondego.

 Pedro Baptista diz que “Há um ímpeto estranho que me faz regressar a determinados lugares para desfrutar das aves, para as ver, para as fotografar. Na região do Baixo Mondego há sítios onde me refugio. Descobri que estar ali é ir ao encontro de mim próprio. Comecei por ver nas aves um motivo para fotografar, agora a fotografia é mais um pretexto para as contemplar.”



Atualizado em 18-10-2018

Visitas: 41

5as de Leitura - 9ª temporada | Encontro com Nuno Camarneiro

 

5as de leitura nuno camarneiro

Nova Data:  6 de dezembro

 

Hora: 21h30

Local:Biblioteca Municipal 

Entrada: Livre

Público-alvo: Público em Geral


No âmbito do projeto das 5as. de Leitura, a Biblioteca Municipal promove, em dezembro, mais um encontro com um escritor nacional.

Desta vez o convidado é Nuno Camarneiro, Prémio Leya 2012, que irá conversar com os figueirenses em torno da sua obra, bem como apresentar o seu mais recente livro  “O Fogo Será a Tua Casa".

 

Atualizado em 18-10-2018

Visitas: 105

Noite dos Esqueletos - Histórias de (des)Encantar

  

noite dis esqueletos

 

31 outubro 

Noite dos Esqueletos 

Hora: 18h00 -24h00

Local:Museu Municipal 

Entrada: Gratuita 

Público-alvo:M3

Programa brevemente disponível 


Inspirada na tradição anglo-saxónica do Halloween, a Noite dos Esqueletos é mais que uma simples noite em homens, mulheres e crianças se mascaram de seres imaginários, fantasmagóricos e aterradores que brincam às doçuras e travessuras.
É a noite mais divertida e assustadora do ano e acontece no Museu Municipal Santos Rocha.


 

Atualizado em 03-10-2018

Visitas: 112

"Revisitar Mário Augusto (1885-1941)"

 

2018 08 25 Mário Augusto

 

25 AGO a 31 DEZ

Local: Museu Municipal Santos Rocha - Sala exposições temporárias 2

Entrada: Gratuita 

Público-alvo: Público em Geral

 

 

A menos de um ano de assinalar o seu 125º aniversário e com o objetivo de retomar a ideia fundamental de dar a conhecer aos públicos que visitam o espaço museológico parte das suas coleções, que não estão expostas habitualmente, o Museu Municipal Santos Rocha dá início a um ciclo de mostras com um dos mais relevantes artistas representados no Museu Municipal, Mário Augusto.

O Museu Municipal Santos Rocha expõe assim, pelo período de um ano, 51 obras de Mário Augusto, de um total de 73 que integram a coleção de pintura e desenho do Museu Municipal, numa exposição que revelará, através das obras expostas, as vivências do artista, as suas aprendizagens, o muito que conquistou na sua curta vida.

Os trabalhos em exposição estão cronologicamente situados entre 1911 e 1941 e são elaborados a óleo, pastel, carvão, sépia e sanguínea.

“Reviver Mário Augusto” não se trata de uma exposição antológica, mas sim o reviver da obra do artista alhadense, retirando da reserva da instituição museológica os seus mais notáveis e representativos trabalhos, bem como um interessante conjunto de esboços e estudos, alguns deles como o primeiro passo para trabalhos posteriores elaborados com mestria e precisão.

Atualizado em 29-08-2018

Visitas: 178

Copyright © 2014 Município da Figueira da Foz | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn |