cabedelo
surfsurfespacoondasmares

ptenfrdees
Desporto
Natureza
Cultura
Desporto
Arte
Natureza
Natureza
Internet Marketing Bruidsfotograaf

Concerto Dia da Mãe

 

 dia da mãe

 

06 de maio  

Hora: 16h30 

Local: Igreja Matriz de São Julião 

Entrada: Livre 

 
Público-alvo: Público em geral | M4

 

O Município da Figueira da Foz promove, dia 06 de maio, pelas 16h30, na Igreja Matriz de São Julião,  no âmbito do Ano Europeu do Património Cultural e do Dia da Mãe, um concerto com a Orquestra Clássica do Centro, em que participará a soprano Marina Pacheco, o Clarinetista César Ramos e o Maestro José Eduardo Gomes.

Nesta iniciativa será estreada a obra “Concerto para clarinete nº2 e orquestra, de José Firmino.

Atualizado em 20-04-2018

Visitas: 16

5as de Leitura - Encontro com Álvaro Domingues e João Moreira

 

 Cartaz 5as

03 de maio  

Hora: 21h30

Local:Biblioteca Municipal 

Entrada: Livre 

Público-alvo: Público em Geral 

 

A sessão de maio do projeto de incentivo e promoção da leitura «5as de Leitura», conta com a presença de Álvaro Domingues, do editor Rui Couceiro, e o humorista, guionista e apresentador de televisão, João Moreira, conhecido, sobretudo, pelo seu trabalho com a personagem Bruno Aleixo de quem é co-criador e a quem dá voz.

Álvaro Domingues, geógrafo e professo na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, onde também é investigador no CEAU-Centro de Estudos de Arquitectura e Urbanismo, vem apresentar o seu mais recente livro « Volta a Portugal», um “ verdadeiro Google Maps da portugalidade”.

Atualizado em 19-04-2018

Visitas: 25

À Beira Sal Plantada, a Salicórnia Amada" 2018

 salicórnia amada 2018

 07 a 24 de maio 

Local: Escolas do Concelho, Mercado Municipal Engº Silva, Núcleo Museológico do Sal 

O Município da Figueira da Foz, no âmbito do Programa Municipal Figueira Cidade Saudável e da comemoração do Mês do Coração, promove, com o apoio de várias entidades, a 4ª edição da iniciativa  “À Beira sal plantada, a Salicórnia amada”, que tem como objetivo divulgar um produto local: a Salicórnia, uma planta halófita que cresce nas salinas, bastante tolerante ao sal, que tem a particularidade de ser salgada, permitindo a sua utilização como substituto do sal.
Do programa, que decorre de 07 a 24 de maio, constam diversas iniciativas, como experiências de degustação que aliam a tradição com a inovação,  sessões de showcooking dinamizadas pela Escola Profissional da Figueira da Foz, no Mercado Municipal Engenheiro Silva, ações de sensibilização para a utilização da salicórnia junto da população escolar, dinamizadas pela Sermare|Marefoz e, ainda, no Núcleo Museológico do Sal, uma massagem terapêutica aos pés com recurso à salicórnia, promovida pela Surya – Terapias alternativas. 

Atualizado em 19-04-2018

Visitas: 28

Folclore nas Ruas 2018

 

 2018 01 05 Folclore nas ruas

 

01 de maio 

Hora:11h30 -16h30 

Local: Esplanada Silva Guimarães, Jardim Municipal, Picadeiro, Largo S. João do Vale, Praça 8 de maio 

 

Programa:

Esplanada Silva Guimarães

11H30 – Grupo As Mulheres de Tavarede

12H00 - Rancho Folclórico de Alhadas

Picadeiro

11H30 - Rancho Folclórico de Alhadas

12H00- Grupo As Mulheres de Tavarede

Jardim Municipal

15H00 – Rancho Os Pauliteiros

15H40 - Rancho Mulheres da Beira Mar

Largo S. João do Vale

16H00 - Rancho Etnográfico Infanto-juvenil da Borda do Campo

16H30 - Rancho Folclórico As Morenitas da Gândara

Praça 8 de Maio

16H00 - Rancho Folclórico As Morenitas da Gândara

16H30 - Rancho Etnográfico Infanto-juvenil da Borda do Campo

 

Grupos Participantes:

Rancho Folclórico de Alhadas do Ateneu Alhadense;

Grupo Mulheres de Tavarede da Freguesia de Tavarede.

Rancho Os Pauliteiros da União Instrução e Recreio da Serra de Santa Marinha;

Rancho Mulheres da Beira Mar do Clube Mocidade Covense;

Rancho Etnográfico Infanto-Juvenil da Borda do Campo do Conselho de Moradores da Borda do Campo;

Rancho Folclórico " As Morenitas da Gândara" da Associação Cultural Recreativa e Desportiva da Gândara.

 

Atualizado em 19-04-2018

Visitas: 61

Apresentação do livro, “VOU POR AQUI NÃO VOU POR AÍ", Carlos Encarnação

 

carlos encarnação cartaz

 

28 de abril  

Hora: 18h00 
Local: Auditório Municipal 

Entrada: Livre  

Público-alvo: Público em geral  

 

O antigo presidente da Câmara de Coimbra, Carlos Encarnação, vai apresentar no Auditório Municipal da Figueira da Foz, dia 28 de abril, pelas 18h00, “Vou por aqui não vou por aí”, um livro em reúne dezenas de crónicas de intervenção política publicadas no Diário de Coimbra nos últimos cinco anos.
No livro, editado pelo Clube da Comunicação Social de Coimbra, o autor procura fazer “um exercício de coerência”, lembrando que a sua saída da Câmara Municipal, em finais de 2010, renunciando ao cargo de presidente, “coincidiu com um período negro da história de Portugal”, com a intervenção da ‘troika’ internacional no país, no último Governo de José Sócrates (PS).

 

 

Atualizado em 19-04-2018

Visitas: 55

«Francisco Tavares de Proença Júnior em 33 imagens»

 

2018 04 04 Francisco Tavares Proença

04 de abril a 02 de maio  

Local: Museu Municipal Santos Rocha 

Entrada: Gratuita 

Público-alvo: Público em geral  

 

O Museu Municipal Santos Rocha abre ao público, dia 04 de abril, pelas 16h30, com uma visita guiada por Raquel Vilaça, a exposição «Francisco Tavares de Proença Júnior em 33 imagens», patrocinada pela Sociedade dos Amigos do Museu Francisco Tavares Proença Júnior e pela Câmara Municipal de Castelo Branco.
 
Evocativa do Centenário da morte de Francisco Tavares de Proença Júnior (1883-1916), o arqueólogo fundador do Museu de Castelo Branco, que hoje ostenta o seu nome, a exposição apresenta um conjunto de 33 imagens, tantas quantos os anos que o seu autor viveu, selecionadas pela arqueóloga e docente universitária, Raquel Vilaça,  e pretende "evocar um olhar insuspeito, multifacetado, de assinalável criatividade e sensibilidade, indo muito além daquele que lhe (...) "  é conhecido enquanto arqueólogo. 
 
 
Francisco foi um homem apaixonado por múltiplos ramos do conhecimento e da técnica. Desde adolescente que terá praticado a fotografia, aplicando-a aos seus estudos arqueológicos mas também a registar paisagens, pessoas ou objetos.
 

 

Atualizado em 19-04-2018

Visitas: 153

Copyright © 2014 Município da Figueira da Foz | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn |